JPG.png

EFT - INTEGRATIVO

 

Está fundamentada na base da EFT - Emotional Freedom Techniques (Técnica de Libertação Emocional), que consiste no desbloqueio dos canais energéticos, chamados de meridianos, enquanto o indivíduo se sintoniza em um problema.

 

O desbloqueio é realizado por meio de leves batidas com as pontas dos dedos nos terminais destes meridianos, enquanto o cliente está sintonizado na situação desconfortável que o acomete.

 

Realizamos a repetição de frases lembretes (frases que indicam ao sistema energético o que está sendo tratado). Tornando o processo simples, eficaz, trazendo resultados profundos, normalmente rápidos e duradouros, desde que seja tratado com especificidade, promovendo a saúde física, emocional e mental.

 

A EFT foi desenvolvida por Gary Craig, a partir do seu aprendizado com o Psicólogo Americano, Dr.Roger Callahan, PhD, praticante de acupressão (acupuntura sem agulhas) e outras técnicas energéticas (cinesiologia aplicada), o que resultou no TFT – Thought Field Therapy (Terapia do Campo do Pensamento). Esta foi desenvolvida pelo Dr. Roger Callahan em 1979, após eliminar um trauma de sua paciente com leves batidas em apenas um ponto localizado abaixo do olho. A partir desta situação inesperada, Dr. Roger inicia estudos com seus pacientes e desenvolve várias sequencias de pontos para inúmeras situações, e chama de Algorítmos.

 

Gary Graig fica sabendo e torna-se aluno de Callahan, aprende os Algorítmos e passa atender inúmeras pessoas com excelentes resultados. Não o bastante questiona o método e cria uma única sequência padrão, e chama de EFT. Segundo ele os resultados continuavam excelentes e facilitava a auto aplicação, ou seja tornava a técnica de certa forma mais fácil para a maioria das pessoas. Importante salientar é ser especifico na questão abordada para efeitos mais concretos e duradouros.

 

EFT é simples, dá resultados normalmente bem surpreendentes e você pode se auto aplicar (ou aplicar em terceiros).

 

O EFT – Integrativo agrega a Avaliação Energética, Espiral de Harmonização, Meditação Conectiva, Pontos Adicionais que favorecem a redução de rodadas, Reversão Psicológica, Linguagem Corporal, Engrenagem Universal e outros conhecimentos que torna o praticante e ou profissional de EFT – Integrativo mais qualificado em identificar em si mesmo as causas dos sintomas que o acometem, bem como do seu cliente.

 

A Receita Básica

 

Aprenda a receita básica que é um procedimento genérico padrão da EFT, que é aplicado para todo tipo de problema físico e emocional. Durante a Receita básica, nós vamos falar sobre o problema que desejamos tratar, vamos realizar o Tapping (leves batidas) em pontos energéticos do corpo (terminais de meridianos de acupuntura).

Pontos da sequência básica da EFT:

Os Pontos Básicos:

 

PK = Ponto do Karatê

PTC = Ponto Topo da Cabeça
PIS = Ponto Início da Sobrancelha
PLO = Ponto do Lado do Olho
PEO = Ponto Embaixo do Olho
PEN = Ponto Embaixo do Nariz
PEB = Ponto Embaixo da Boca
POC = Ponto Osso Clavícula
PEA = Ponto Embaixo da Axila

 

Como utilizar a Receita Básica:


1-Frase de preparação – Importantíssima. A EFT combina sempre o ato de falar ao mesmo tempo que estimulamos pontos de acupuntura. Existe um modelo de frase que você deve seguir para iniciar a sua “rodada de EFT”.
 

Como elaborar sua Frase de Preparação:


“Embora eu tenha esse problema (no lugar da palavra “problema” você vai citar o que deseja tratar), eu me aceito profunda e completamente”. Utilizando o Ponto do Karatê.

 

Frase Lembrete Genérica: “Tal problema”


As frases acima são genéricas. Você vai adaptar as Frases de Preparação e lembrete para o problema específico que estiver tratando. Ex:
“Apesar de estar com esta dor de cabeça, eu me aceito profunda e completamente”
Frase Lembrete: Dor de cabeça

 

 

PS: Utilize a frase lembrete em todos os pontos, procure ser bem específico.

 

Avalie a intensidade do problema antes e depois


Antes de aplicar a EFT para qualquer tipo de sintoma, seja físico ou emocional, você deve graduar a intensidade do problema em uma escala de 0 a 10.


Você deve pensar no problema, e sentir como ele está exatamente naquele momento antes da aplicação, e vai dar uma nota. Zero seria nenhuma intensidade, e dez seria intensidade máxima. Após cada rodada, você irá novamente graduar a intensidade para verificar os progressos.

Benefícios:

  • Resultados consistentes e duradouros
  • Auto aplicável
  • Simplicidade no aprendizado
  • Cientificamente comprovado
  • Técnica não invasiva e sem efeitos colaterais
  • Podemos aplica-la de forma individual, coletiva e outras abordagens de acordo com a necessidade da situação.

A EFT traz resultados breves?

 

Importante salientar a especificidade de cada caso, onde normalmente os resultados são breves, no entanto, a situações que necessita de mais investigação, para que possamos encontrar a real causa. O que posso falar por experiência é que tenho obtido bons resultados a curto prazo. E você pode encontrar também inúmeros relatos neste site, na sessão depoimentos!

A uma crescente no uso da EFT no Brasil e no mundo, fundamentados em estudos científicos que comprovam a sua eficácia.

A Importância de Ser Específico

Uma recomendação realmente muito importante na aplicação da EFT, é que devemos ser o mais específico que pudermos, sempre. Iniciantes na EFT costumam relatar que não tiveram resultados, e quando investigamos, percebemos que não estavam sendo tão específicos quanto poderiam.


Corrigida esta falha, os resultados aparecem instantaneamente.
Esta recomendação é muito importante, e pode determinar a diferença entre uma sessão que leva a grandes resultados, e outra que seja considerada sem sucesso. Nunca será demais enfatizar a importância de ser específico.

 

Ser específico significa encontrar de fato a "ORIGEM/CAUSA" do sintoma, sintonizar e dissolve-lo.

 

14.1-Os Eventos Específicos
Uma das formas mais fáceis de ser específico, é aplicar a EFT para os eventos específicos.


Vamos pegar um exemplo fictício de alguém que diz sentir muita mágoa da mãe. O fato de alguém dizer que sente muita mágoa, pode parecer algo bastante específico.

 

Na verdade não é. Isto é um sentimento global, que teve como contribuição, vários fatores ocorridos durante a vida. Assim, se você aplicar a EFT visando eliminar este sentimento, é pouco provável que tenha sucesso rapidamente se fizer uma frase global como “apesar de me sentir mágoa da minha mãe, ...”.

 

Normalmente, não é possível eliminar a mágoa dessa maneira global.


Neste caso, a melhor forma de se abordar o problema, é buscar na memória, fatos passados que, quando relembrados, trazem a tona o sentimento de mágoa. Por exemplo: o dia em que minha mãe me disse
 

Como ser específico


1- Buscar os “eventos específicos”, tratar cada um deles. É muito útil fazer uma lista dos eventos.


2- Tratar todo e cada um dos “aspectos” contidos nos eventos
específicos.


3- Voltar na lista de eventos e pensar novamente em cada um deles, para verificar se ainda há algum incomodo ao lembrar
 

Se você seguir estas recomendações acima, vai conseguir aplicar a EFT melhor e ter mais resultados que 80% dos usuários comuns.


Exemplos de algumas perguntas que podem ajudar a ser mais específico:


1 – Quando você pensa nesse problema, o que é que mais lhe incomoda (quando você pensa na mágoa, o que é que aconteceu que mais causa mágoa)?


2 – Quando você pensa em dirigir, o que é que mais te dá medo?


3 – Quando você lembra do seu chefe, o que é que mais te dá raiva?


4 – O que foi que aconteceu no passado que quando você lembra agora vem a tona a tristeza?


5 – Com relação a raiva que você sente do seu irmão, quais fatos você lembra no relacionamento entre vocês dois que ainda agora traz raiva a tona?


6 – Quais são os pensamentos que trazem a tona esse sentimento
negativo agora (qualquer que seja o sentimento, isso vai trazer os
“aspectos” a tona)?

 

Sempre depois que aplico uma rodada da EFT, eu quero saber o que a pessoa está sentido (sentimento global), e qual o pensamento que traz aquele sentimento (“aspecto” específico do sentimento). Com as perguntas sugeridas, eu descubro o que ela está sentindo, e qual “aspecto” está por trás do sentimento.
 

A Importância da Persistência


A EFT funciona tão rápido e tão bem para a grande maioria dos casos, que ficamos até mal acostumados com estes resultados e esperamos que seja sempre assim. Quando não funciona tão rapidamente, a tendência é desistir e achar que não deu certo.


Nestes casos, você deve pensar sempre, que deve estar havendo alguma falha na aplicação. Não é que a EFT não esteja funcionando, é que você não conseguiu enxergar algum “aspecto”, algum “evento específico”, ou não está conseguindo ver qual é o sentimento a ser trabalhado.

 

Se mesmo assim não conseguir, o trabalho de um terapeuta experiente certamente fará muita diferença. Quando não conseguir sozinho mesmo sendo persistente, ainda assim você não deve assumir que não tem solução.

 

Sempre há um caminho, você provavelmente não o está encontrando. Experimente fazer o trabalho com um profissional competente e é provável que você atinja grandes resultados. Felizmente, o trabalho terapêutico com a EFT pode ser feito online.
 

A importância do Terapeuta de EFT


Você pode e deve se auto aplicar a EFT quantas vezes quiser. Conheça os vários relatos de pessoas que conseguiram verdadeiras maravilhas através da auto aplicação. Até mesmo em casos complicados como bulimia, depressão, dores crônicas e outros. Entretanto, devemos sempre reconhecer a importância de um bom terapeuta na condução de uma sessão.

 

Com a prática, percebemos que muitas pessoas, isso inclui os terapeutas de EFT, não consegue se aplicar a técnica de forma regular, não aplica o tanto que poderia, ou mesmo quase nunca se aplica. Muitas vezes eu ensino e passo “tarefa de casa” para meus clientes se aplicarem, porém, a vasta maioria não o faz, e espera a próxima sessão comigo. Isso se deve a alguns fatores:


1 – Nosso auto boicote, a reversão psicológica, nos paralisa. Dá preguiça de aplicar e surgem inúmeros pensamentos: estou sem tempo..., agora não dá...., eu aplico depois..., posso fazer quando eu quiser... bateu uma preguiça... E dessa maneira o mais tarde vira nunca.


2 – É difícil mexer nas nossas próprias questões emocionais. Na maioria das vezes é doloroso, e por isso fugimos; e quando começa a incomodar, paramos.


3 – É difícil até mesmo enxergar nossas próprias questões emocionais. Muitas vezes, temos sentimentos negativos que estão lá, gritando, e que poderíamos tratar, mas simplesmente nem enxergamos que os temos.

 

Fica difícil tratar aquilo que não enxergamos. Não enxergamos os sentimentos por dois motivos: a) por estarmos envolvidos emocionalmente no problema, o que nos deixa “cego”, e b) por desconhecimento da parte emocional. Tem coisas que as vezes achamos são “normais” de sentir e não são. Existem padrões emocionais que carregamos que estamos tão acostumados a sentir, que nem temos consciência que nos prejudicam.

 

Por isso, um terapeuta experiente poderá conduzir sessões muito mais profundas, com resultados bem mais rápidos pra você. Ele vai lhe enxergar de fora. Terá muito mais facilidade de ver os sentimentos que você não consegue. Quando chegar em algum ponto doloroso, ele vai saber conduzir para além daquele ponto, aproveitando as oportunidades e os bloqueios mais difíceis.

 

Tudo isso se reverte em eficácia no tratamento. Você poderá conseguir resultados em algumas sessões que sozinho você levaria semanas, meses, ou mesmo nunca chegaria.